PERFIL

29 de março de 2010

Hoje eu pensei isso ,


São coisas demais pra uma pessoa só pensar, decidir, resolver. ;@~ dei-me férias dos problemas emocionais, mas eles tendem a me perseguir. Parece que isso só vai se estabilizar quando eu de fato resolver se isso será o fim ou talvez um recomeço, talvez. Coisas boas não sobrepõe coisas ruins, por mais que queira mascarar os ultimos acontecimentos é inutil, porque ao dormir eu sempre tenho que fazer uma retrospectiva da minha nada mole vida. É depois de muita queda que a gente aprende a levantar, mas eu não me dou ao luxo de dizer que não irei cair novamente, porque só Deus sabe o que se passa no meu coração, porque eu descrevo a ele em detalhes, e pergunto todo santo dia o porque de tal sentimento existir e ser tão forte, capaz de inibir as decepções. Talvez tenha sido aquele meu ''juramento'' de que por você eu faria mil vezes a mesma coisa, eu abriria mão de tudo, e nada, muito menos ninguem teria o poder de me afastar de você, só enquanto eu o amar. Só enquanto eu souber que existe isto em mim, pois a partir do dia que eu pelo menos achar que isso acabou, jamais eu vou voltar atrás. De uns dias pra cá algumas palavras passaram a me assombrar constantemente, não só elas, mas também as contrarias as mesmas. Dizem que quem não tem memoria vive melhor, o negocio é ter memoria seletiva, contanto que você saiba o que te faz bem, e o que vale a pena na vida. Eu preciso de progresso, não de ficar parada aqui no mesmo canto, é viver de uma forma que abranja não só a mim e as minhas obrigações em geral, mas também o amor, um relacionamento CONFIÁVEL, e amizades verdadeiras. Decepções ou ilusões não fazem parte dos meus planos. Eu não consigo viver só, principalmente quando eu sei que existe sentimento e que o mesmo seja amor. Porém, não se ama sozinho! Amar não é um olhar para o outro, amar quer dizer que os dois devem olhar na mesma direção, e ambos se verem juntos lá na frente. É complicado, mas necessário. Não se abre mão de um amor, a menos que este não exista mais. Por que nada nessa vida é maior do que o carinho, respeito, amizade e o amor de quem a gente ama. Quer se sentir completo? AME, e saiba cuidar bem daquela pessoa que tem o sentimento tão recíproco quanto o seu. Acostume-se, aprenda a lidar com as diferenças, se fôssemos iguais não teria a menor graça. No mais, escrevi tudo isso só pra dizer que eu preciso de um rumo certo, um caminho sem curvas, onde tudo que já foi vivido possa ter um valor para as nossas vidas lá no tal futuro que tanto se fala.

25 de março de 2010

Mistério de ideias.


A forma como tudo acontece em nossas vidas da-se através dos nossos sonhos, pessoas que sonham alto, e lutam por seus objetivos certamente encontraram dificuldades, porém, um dia sairão vencedoras. Eu sou do tipo que sonha, mas não com tanta vontade assim. Meu mal é querer viver o hoje, que dizer, acho que todo mundo quer viver o hoje, é só aquela visão futurista que me falta. Eu vejo as pessoas que batalham pra tudo dar certo, pra ter uma vida mais digna e tudo mais, e eu sinto orgulho delas, conheço algumas e posso dizer-lhes que são as que mais merecem, e também as que mais sofrem. Mas eu não consigo ser assim! Eu penso que isso é de mim, alguma coisa relacionada com a minha personalidade entende? O meu problema é sonhar demais. Eu sei que sonhos todo mundo tem, e querem realiza-los, mas eu vivo pra sonhar, eu idealizo, mas fica só ai mesmo, nas ideias. Difícil se tornar real assim.
Mas eu estou tão desiludida da minha vida, tem dias que eu não consigo pensar em nada, nem sonhar eu consigo mais. Sabe quando não se tem vontade de nada, só de ficar em casa deitada, sem ninguém pra perturbar. Me falaram que isso é sintoma de quem adivinha chuva, só pode ser. Meus dias tem tido um rumo diferente, em relação a trabalho, estou me empenhando muito pra ser a best do negócio. Elogios e mais elogios a minha pessoa, isso fortalece meu ego, pelo menos eu sei que eu tenho capacidade pra administrar o que eu faço. Não gosto quando pensam que sou frágil, sim, eu só tenho dezenove anos, mais isso não quer dizer que eu não tenha vivido o suficiente para entender os misterios da humanidade. Talvez eu entenda mais que qualquer outra pessoa, porque eu nunca passei por tantas situações em tão pouco tempo como de uns cinco anos pra cá. Ainda assim consigo surpreender-me com a capacidade humana. Tanta esperteza pra nada, portanto só me resta IR VIVENDO. E olhe que esta é a parte mais complicada. É muita ideia, e pouca cabeça. Digo e repito, eu preciso de férias, URGENTE.

'' Como se explica que o meu maior medo é ir vivendo o que for sendo? '' Lispector, Clarice.

23 de março de 2010

informações.


Vamos começar com uma palavra hoje, e a palavra em questão é : CONFIANÇA.
Se levarmos em consideração todo o significado desta palavra jamais negligenciaríamos o tal. E o significado é : Confiar é dar licença; dar crédito a alguém, ou alguma coisa; é esperar que nossas expectativas sejam correspondidas. Descobrimos porém outra palavra bem interessante, EXPECTATIVAS. Nos, humanos, temos por ventura o dom de confiarmos demais e atribuir expectativas a pessoas, e muitas vezes as mesmas não estão um tanto quanto ''AI'' para tudo isso. Se fôssemos capaz de olhar dentro de cada uma e ver o que se passa, qual a real intenção, ou sentimento daquela outra pessoa seria fácil demais, e nada nesse mundo foi feito para ser fácil, pelo contrario, tem que ser difícil, para termos a consciência que estamos vivos.
Retomando raciocino, quando eu me deparei com essas palavras eu pensei que jamais fosse desconfiar delas, eu acreditava que confiança era um termo forte e incapaz de ser quebrado, seja por qual fosse o motivo, e como sempre a gente já nasce sendo enganado. Eu tive que descobrir isso muito tarde, e com a confiança já desfeita, as minhas expectativas foram por água abaixo. E essas coisas sempre vem das pessoas que você jamais imagina, acho que é lei, talvez para a desilusão ser completa. Com tudo eu aprendi que confiança é um sentimento que só deve-se atribuir a sí, e expectativa deveria ter outro nome. Só sei que, não possuo mais o dom de acreditar ou por minhas expectativas nas mãos de outras pessoas, porque elas estarão mais seguras comigo, no meu intimo.