PERFIL

30 de agosto de 2010

não me entendo !


Não me surpreendo quando tomo decisões que são difíceis pra mim, por que quando eu venho a te-las, já é após muito pensamento, muito debate pessoal, e quando eu consigo chegar ao meu ponto de vista, já esta tudo muito mastigado. Pois bem, de uns tempo pra cá eu me pego cometendo erros, bobos, mas não deixam de ser. Eu já vinha me policiando caso eu tivesse essas crises de " que saudades do passado ", mas chega tão do nada, que quando eu percebo eu já tenho feito o que eu não deveria. E isso muda tudo, isso muda o ciclo das coisas, a realidade.
E eu fico aqui me perguntando o que eu quero pra mim? Por que nada que eu faço tem sentido, as vezes passa pela minha cabeça tanta coisa, e as vezes eu não dou a mínima pra tudo isso.
Suponho então que eu estou em conflito com as minhas atitudes. Ou eu estou ficando louca de vez! Só o tempo dirá.

22 de agosto de 2010

Hoje eu acordei gostando mais de mim !


Com certeza um sentimento não morre, as vezes você tende a senti-lo, nem que seja em um momento de saudade, de lembrança ... Mas passando por todo esse processo que eu passei, eu não saberia definir se o meu sentimento esta morrendo, ou apenas se afastando de mim. Se bem que é chegada a hora da partida, não iria durar para sempre. A distancia é cada vez maior, a separação é cada vez mais definitiva, então tudo caminha para o fim. E quem sou eu para dizer para aquela amor, que eu tanto gostava, que fique? Eu não vou mais prender ele em mim, eu quero mesmo é que ele vá e volte depois se for da vontade de Deus. Mas por enquanto eu quero apenas pensar em mim, por que todo esse tempo eu só pensei em amar, amar... e ninguém vive de amor, certo? Certo!

21 de agosto de 2010


Eu ainda não descobri a formula que faz com que o amor vá embora, mas aos poucos eu posso sentir que ele esta me deixando, e esta dando lugar a um sentimento que eu não gosto de sentir. Quando eu penso que isso irá acontecer comigo, eu me sinto tão vazia, precisando de um complemento para sobrepor isso que esta indo embora, mas o que acontece é que esse "reabastecimento" não se encontra na primeira esquina. Por que eu não sei nem ao menos o que seja, de onde vem esse alivio automático. Eu também não sei o que faz um coração bater mais forte novamente, e espero por algum tempo não descobrir. Será que eu estou com medo de amar? talvez. Por que eu não consigo resumir todas as minhas duvidas em um só momentos e dar um fim nelas, eu fico peneirando-as até o momento certo. E essa angustia que as vezes me bate é por indignação de ter feito tudo certo e ter dado tudo errado, se bem que eu sei que não há nada de errado comigo, e sim, com quem fez o favor de me perder no meio do caminho, e olhe que a estrada que nós caminhavamos era pra lá de grande. Não digo que me arrependo de algumas escolhas que fiz, mas se pudesse faze-las novamente, mudaria muita coisa. Eu estou descrendo de sentimentos alheios, principalmente quando direcionados a mim. Penso que não tenho sorte com isso. Mas não canso de dizer, " Sorte do próximo que tiver o MEU amor. " , modéstia a parte, eu sei como se deve amar.

1 de agosto de 2010

Como tudo começa, termina!


Pois bem ... Hoje não foi o melhor dos meus dias, eu acordei com uma angustia, uma vontade meio estranha de esquecer de tudo que me acontece. Confesso que não tenho outra escolha a não ser essa, esquecer. Me doi pensar em tudo que já passei até aqui, e até as coisas que conquistei ao lado das pessoas que amo, e eu tenho essas pessoas ao meu lado, mesmo sabendo que me falta alguém, por que sempre se tem "aquele alguém", que vem de onde você menos espera e leva toda a sua razão. E hoje eu não posso mais contar com essa presença, e também não devo iludir meus pensamentos dizendo para mim mesma que tudo isso é novamente uma fase, por que não é.
Distancia é a palavra que descreve tudo que sinto nesse momentos, eu preciso me distanciar de tudo que me lembre, ou tudo que faça menção a aquela pessoa. Tem dias que preciso chorar até para ver se as lagrimas levam de uma vez por todas aquelas lembranças. Eu não gosto de ficar triste, ou de sentir falta, mas são muitas coisas para serem deixadas para trás de um dia para o outro. E quando eu me pego pensando em coisas que não deveria, ai percebo o quanto ainda sinto falta, e o quando eu poderia lutar por tudo. Mas é em vão. Esse não é o caminho certo, e "aquela pessoa" já não faz mais por onde. Eu de tanto dizer que desisti não consigo deixar claro pra mim mesma que não há mais chances, que etapas tem que serem puladas para dar inicio a outras. É necessario exercitar meu lado egoísta, e manter distancia! Não há separação quando se esta perto ... e não há amor que se transforme em amizade! E hoje não adianta mais lamentar tudo que foi perdido. Também não pense você que é fácil para mim fazer de conta que não sinto mais nada, fazer de conta que a vida continua assim, numa boa. Embora saiba que tudo isso vai mudar um dia, eu não sei esperar. E eu não quero mais esse sentimento pra mim, eu não quero mais amar, eu não quero mais sentir falta, sentir ciumes, ter raiva, e saber que sentimentos podem mudar, e tudo que sentia por mim, pode sentir por outra pessoa e talvez ate mais. Eu não quero pensar nisso, por que no meus sonhos isso nunca iria acontecer. Só o coração sabe quando se ama, mas ele pode se enganar. E se foi assim, certamente Deus sabe o que fez, e só me resta hoje esperar nele, e acreditar. Nada dura para sempre, não iria ser diferente comigo!