PERFIL

30 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011 ;)


Mais um ano que chegou ao fim.
Eu realmente tenho uma dificuldade de lembrar das coisas, até por isso mesmo que eu escrevo tudo que eu faço. Se você me perguntar o que fiz na semana passada, certamente eu não sei responder com clareza. Mas eu me lembro de 2011. Aos poucos mais eu me lembro!
Não foi um ano ruim, de fato foi o mais calmo dos meus últimos anos, porque né ...
Não gosto de finais de ano, não sou fã de términos e promessas de melhorias, de vida nova tudo novo. Até porque eu não acho que todos nossos sonhos vão se realizar porque o ano agora é outro. Tudo continua!
Mas eu quero deixar o meu agradecimento ao ano de 2011 por ter me proporcionado momentos bons, ruins, intensos, calmos, verdadeiros, falsos, alegres, tristes, festivos, cansativos, memoráveis e vergonhosos. De fato meu ano foi repleto de coisas para se lembrar e se divertir. Por isso eu mantenho meu diário sempre atualizado com todos esses momentos, para que eu possa ler e reler quantas vezes achar necessário. E rir! Rir porque a gente tem mania de depois que passa rir. É bom! E eu penso "Meu Deus, eu escrevi isso?" kkk mas valeu a pena.
Tem coisas em minha vida que eu realmente não sentiria falta se as deixasse em 2011, se conseguisse entrar nesse novo ano livre desse peso, desse fardo. E ao mesmo tempo que tudo isso se passa pela minha cabeça, eu sei que nada se muda "de um dia para o outro" mesmo com essa simbologia toda, 2011 á 2012 ...
São anos diferentes, mas eu sou a mesma e as pessoas ao meu redor também serão. Mas eu tenho fé que muita coisa pode mudar nesse novo ano.
E quero também agradecer a Deus por me dar tanta força, por não me deixar cair nos momentos que eu mais precisei. Ele realmente é a base da minha vida! Mesmo que eu tenha sido tão desatenta aos sinais, mesmo que eu tenha sido esquecida e não agradeci o bastante pela minha vida e todas as minhas conquistas, Deus sabe o quanto eu sou grata. Ele conhece meu coração melhor que qualquer pessoa.
E obrigado a esse ano que me trouxe muitos amigos, que me deu muitas oportunidades, que me mostrou tudo que eu posso ser sozinha, que me fez crescer tanto. Eu aprendi em 2011 o quanto independente eu posso me tornar, e o quanto diferente eu sou das pessoas e que ser assim, não é um defeito mas uma qualidade rara. Ser Jéssica, ter tudo que eu tenho, sentir todos os sentimentos que eu sinto, gostas das coisas que eu gosto, amar as pessoas que eu amo, ter os amigos que eu tenho, sonhar os sonhos que são só meus é um presente que a cada ano eu vou sabendo como aproveitar. A vida é só um caminho, e o que eu peço para 2012 é mais paciência, mais perspectiva, mais amor, mais alegria ... eu quero me jogar em tudo que eu tiver vontade sem medo do que me espera, sem pensar no que as pessoas vão achar sobre isso ... eu quero ser eu independente de qualquer coisa nessa vida. E se for da vontade de Deus, todos os meus planos eu entrego nas mãos dele. Que sabe o que eu mereço primeiro!
Sou muito grata por minha familia, todos. Independente de todos seus defeitos, de todas as brigas e assuntos mal resolvidos, apensar de me estressar por tudo dentro de casa eu sou grata por ter cada um deles ao meu lado, se preocupando comigo, chorando comigo, me amando apensar de cada defeito meu, apensar de todas as vezes que disse que preferia viver só do que junto deles. Desculpo-me por todas essas palavras ditas em momentos de frustração, por todas as vezes que sou grossa. A verdade é que temos nossos próprios problemas e sem perceber descontamos nas pessoas que não tem nada haver com isso.
2011 pra mim foi divertido. Eu fiz, vi e vivi coisas que eu nunca esperei. Foi tudo muito bom. Sem contar com as boas risadas, sem contar com as festas e farras, sem contar com meus poucos, embora fortes, amigos. Foi bom ter vivido 2011 com todos vocês!
E em 2012 eu não quero mais chorar se não for de alegria, eu não quero mais esperar por nada, eu não quero mais me sentir fraca e pronta para desistir de tudo, eu não quero perder uma oportunidade, eu não quero recusar um convite, eu não quero preguiça, eu não quero falhas, eu não quero brigas, eu não quero desgostos, eu não quero mentiras, eu não quero pessoas pela metade. Tudo que for pela metade pra mim não servirá mais, eu quero tudo que for completo ou que me transborde. De verdade? O que eu quero em 2012 é ser tudo que eu sou, embora FELIZ.

Desejo a todos um feliz ano novo, que 2012 seja tudo aquilo que 2011 não pode ser.

19 de dezembro de 2011

I'll find someone ♥



E tudo que eu faço não é por mim. E tudo que eu desejo não é pensando em mim, é pensando no que os outros vão pensar de mim. E eu ainda não consegui sair dessa porque eu continuo fazendo as coisas pensando no que fulano ou sicrano vão dizer sobre isso. Eu quero ser algo que eu sei que eu não sou. E não adianta me mudar, eu vou ser sempre assim. Mesmo que eu me esforce, e tente. Ah, eu tento! Mas não vai dar certo, eu não quero mudar. Eu quero fazer as coisas que eu sinto prazer, quero pensando no que me faz bem. Eu não quero mais pensando no que você vai achar, porque você não faz mais parte da minha vida. Eu não posso mudar meu estilo, imaginando que por algum motivo aquilo vai mudar a sua opinião sobre mim. Eu não posso fazer algo que você considere insano porque eu tenho medo que você saiba. Eu não vou a academia pra me satisfazer ou porque eu me sinto bem com isso, eu vou porque eu acho que assim eu posso chamar sua atenção. Mas como é que pode? Se você nem se quer dar a minima pra mim? Você não sabe de nada sobre mim, não hoje. Não a muito tempo. E porque continuar vivendo como se você estivesse ligado a mim por uma corda invisível?! Está na hora de me perguntar o que eu acho certo ou errado, o que eu quero e não quero, o que eu gosto e não gosto. O que EU vou pensar sobre MIM.
Eu não me importo mais com você. Na realidade não existe mais você. A muito tempo deixou de existir. Eu não posso me comparar, ser igual ou parecer a ninguém. Eu sou única. Do meu jeito, do meu modo, na minha essência. E quem quiser estar comigo vai ter que aprender a amar isso. Sabe? Eu me conheço melhor que qualquer pessoa nesse mundo e eu sei que eu sou diferente. E seja lá o que esteja reservado para mim, eu tenho certeza que vai saber dar valor a tudo isso que eu tenho guardado, pronto para dar um show a quem me receber. Eu não aguento mais me sentir menor quando estou ao seu lado. Você não me completa, você subtrai tudo que eu sou. Sendo assim, eu preciso de alguém que some comigo e ao dividir, possamos ser iguais. Nem mais, nem menos. E com certeza, eu não estou falando de você.

9 de dezembro de 2011

So many things ♥


Tem coisas que realmente marcam. Mesmo que o tempo passa, os anos não sejam mais os mesmos e a vida tenha dado uma volta que nem você mesmo saberia explicar como chegou ali. Quando se ama uma vez na vida, com tanta intensidade, é inevitável que isso permaneça dentro de você. Não é algo que vem com prazo de validade. Pessoas marcam fundo. Momentos são inesquecíveis e feitos para serem lembrados. Mesmo que isso traga alegria ou dor. É o preço que se paga por uma memória perfeita.
E você não é mais aquela garota que se apaixona fácil, que chora em filmes de romance, que escreve sobre sua decepção em seu diário. Você é uma mulher, bem resolvida, feliz com o desenrolar da sua vida, em busca de novas realizações e acima de tudo, mutável. E o tempo levou de você algumas lembranças, mas não suficiente para esquecer.
Quando de repente algo te surpreende. Sim, é ele. E você pensa - "Eu não acredito que seja ele." Nesse momento você esta lutando conta a vontade louca de chamar sua atenção e controlar seus nervos que estão visivelmente perturbados. E ele te viu, e esta vindo na sua direção. E isso foi o suficiente para que todas aquelas lembranças que tinha ficado lá atrás juntos com o seu crescimento voltarem como se nunca tivesse saído dali. E esse sorriso que você apresentou imediatamente foi tão semelhante com aquele que você deu na primeira vez que vocês se viram. E basta um ou dois minutos de conversa para você perceber que ainda esta com aquele sorriso bobo no rosto e se sente leve. E tudo volta!
E tudo que você tem hoje você imediatamente deixaria para trás se fosse preciso, só para sentir isso, todos os dias de sua vida.
Como alguém consegue movimentar tanto sentimento em outra pessoa? E ele nem sabe disso.
- Foi bom te ver.
E quando ele vai embora é como se a realidade caísse sobre você como uma chuva forte. Mas na verdade são suas lágrimas, que além de você também sabem para onde ele esta indo. 
E você sabe que podem se passar décadas, ao encontra-lo sua reação será sempre a mesma. Tão consciente que esse sentimento é morador de você, assim desistindo de lutar para manda-lo embora, aprende a conviver com ele. Guardado aonde ninguém mais consegue ve-lo. E se um dia, por obra do acaso ou do destino, você possa liberta-lo e vive-lo sem medo, não vai correr o risco de te-lo perdido em meio a tantas coisas que você deixou para trás. Porque o amor permanece em nós até o fim de nossas vidas, seja ele reciproco ou não.
Eu não vou perder a pureza desse sorriso. Porque ele me faz acreditar que o amor sempre vencerá.

5 de dezembro de 2011

My confusion ♥


De tudo que eu já aprendi nessa vida, ate agora a unica coisa que eu não consegui foi aprender a esquecer. Eu achei que bloqueando imagens da minha mente tudo seria mais fácil, ou menos demorado. Mas esta mais do que comprovado que esquecer não é a minha especialidade. Eu lembro se tudo, em detalhes. Eu lembro de palavras, de momentos, de nós. E não adianta não quer pensar nisso, porque a minha mente é muito mal comigo. Quanto mais se quer esquecer, mas se lembra. Eu não sou aquela que segue em frente deixando pra trás algo que não foi resolvido. Não houveram palavras, definições. E isso ronda minha cabeça como um fantasma em uma casa abandonada. Tira meu sono. Me obriga a escrever sobre isso!
Sabe, eu sinto falta de muita coisa que eu deixei pra trás, ou melhor, de muita coisa que me deixou pra trás. Mas é uma forma estranha de sentir falta. Eu queria aqueles momentos sabe, só aqueles. Eu não penso em algo futuro! Não sou tão otimista.
Mas eu ainda me pego sorrindo lembrando de tudo que passamos. É engraçado lembrar. E sorrir é que é engraçado mesmo. O que acaba com uma pessoa é a memoria.
Ok, estar dizendo isso não significa dizer que eu estou depressiva ou sou uma pobre apaixonada por algo que não tem mais fundamento. Só pra deixar claro.
Como muitas coisas na vida, tem aquelas que realmente foram especiais e que fazem falta.
Mas que eu tenho dificuldade em esquecer, há isso eu tenho.
E as vezes eu queria tudo de volta, só por um dia. Por aquele dia que eu não aproveitei sabe. Eu faria diferente.
Quantas coisas a gente lembra hoje em dia e pensa - "Se fosse hoje, eu não teria feito isso." - Mas quem vai se atrever a se meter nos planos de Deus.
Tem muito "E se" na minha vida. "E se" eu for parar pra pensar, todos se encaixam perfeitamente. Como eu vou duvidar do destino?
Mas o fato é, se eu tivesse a chance de mudar muitos caminhos na minha vida, eu mudaria sem medo. E antes de mais nada, vou adaptar minha cabeça para o modo "move on" e ser feliz.
Esperar pelo amor ta muito fora de moda. Se ele quiser que me encontre.
"Clichês também estão fora de moda." Mas quem se importa?